Destaques Política Últimas Notícias

Assembleia reverencia centenário de nascimento do empresário Paulo Petribú

alepe Petribu

Em 20 de outubro, foi comemorado o centenário de nascimento do empresário pernambucano e industrial do setor sucroalcooleiro Paulo Pessoa Cavalcanti de Petribú. Para marcar a data, a Assembleia Legislativa promoveu uma Reunião Solene, na noite desta terça (24), por requerimento do deputado José Humberto Cavalcanti (PTB).

Nascido em 1917, Paulo assumiu a direção da Usina Petribu, localizada em Lagoa de Itaenga (Mata Norte), aos 36 anos, e a transformou numa das mais importantes do Estado. Nos últimos anos, o complexo industrial cresceu com a aquisição da Usina São José, após transação realizada com o Grupo Votorantim.

O presidente da Alepe, deputado Guilherme Uchoa (PDT), coordenou o início da cerimônia e passou a presidência da mesa dos trabalhos ao deputado Henrique Queiroz (PR). “Este é o momento de fazer nossa manifestação pública de apreço ao saudoso empresário, por sua marcante trajetória no cenário da secular indústria açucareira”, pontuou Uchoa, enfatizando que “a homenagem representa o reconhecimento a um homem que tanto investiu em Pernambuco e contribuiu para o desenvolvimento do Estado”.

José Humberto Cavalcanti destacou que, ao reverenciar Paulo Petribú, a Casa homenageia todo o setor sucroalcooleiro e a indústria de Pernambuco de modo geral. “Paulo foi um empresário de sucesso no momento em que o segmento estava declinando. Com a sua garra, competência e força de trabalho, ele conseguiu crescer”, afirmou.

Jorge e Frederico Petribú, respectivamente filho e neto do homenageado, falaram durante a solenidade. “Fico muito lisonjeado e orgulhoso. Ele foi uma pessoa muito importante para a economia açucareira do Estado, trabalhou sempre com ética e honestidade e deu um exemplo de tenacidade”, elogiou Jorge, que preside o Conselho de Administração do Grupo Petribu.

“Meu avô empreendeu bastante na Zona da Mata e fez a diferença para todos os pernambucanos, gerando emprego e arrecadação tributária. Ele conseguiu, por meio das empresas que criou, modificar o panorama daquela região”, frisou Frederico, diretor-presidente do Grupo Cavalcanti Petribu.

Paulo Petribú faleceu em julho de 2007, aos 90 anos. Ainda na Reunião Solene, a poetisa Mariana Teles declamou versos em homenagem ao industrial.

 

Deixe um comentário