Polícia Regional Últimas Notícias

Dois internos usam corda ‘teresa’ para fugir do Case de Timbaúba

case

Dois adolescentes fugiram do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Timbaúba, na Mata Norte de Pernambuco, esta segunda-feira (26). De acordo com o 2° Batalhão da Polícia Militar (BPM), uma ‘teresa’, espécie de corda entrelaçada com panos e lençóis, foi lançada para dentro da unidade e uma Kombi branca já esperava os fugitivos no lado de fora.

A fuga ocorreu por volta das 16h45, quando os adolescentes estavam no pátio do Case, no horário do banho de sol. Testemunhas disseram que a ‘tereza’ foi lançada justo na parte do muro que não tem a proteção de um alambrado de aço.

Testemunhas também contaram que agentes socioeducativos flagraram a fuga, mas foram ameaçados por gritos e armas artesanais. O 2°BPM foi acionado e realizou buscas na região, mas não conseguiram capturar os jovens.

Após a fuga, o Grupo de Apoio Tático Itinerante da Polícia Militar fez uma revista no Case, encontrando celulares, facas, carregadores, cachimbo de crack, cola. A quantidade de cada item não foi especificada.

O Case de Timbaúba está na mira do Ministério Público de Pernambuco (MPPE). E maio deste ano, o órgão instaurou um procedimento de investigação criminal para apurar delitos e outras irresponsabilidades que contribuíram para a rebelião ocorrida em 25 de outubro de 2016 na unidade.

Na ocasião, dois adolescentes de 17 anos e um de 18 foram assassinados a facadas e pedradas por um grupo de internos rival. Um quarto jovem, com 17 anos, morreu no dia seguinte ao confronto por conta de queimaduras.

*FolhaPE

 

Deixe um comentário