Entretenimento Últimas Notícias

Forró pode ser registrado como patrimônio imaterial brasileiro

forro

O registro do forró como patrimônio imaterial brasileiro foi discutido pela Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR), em audiência pública durante o Encontro Nacional dos Forrozeiros, no último dia 20 de novembro, em João Pessoa (PB). A mobilização para transformar o ritmo nordestino em patrimônio imaterial veio dos músicos, compositores, intérpretes e dançarinos de forró.

A iniciativa busca proteger a cultura e valorizar as danças e festas regionais. O pedido de registro foi encaminhado ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional pela Associação Balaio do Nordeste, da Paraíba. A presidente da CDR, senadora Fátima Bezerra (PT-RN), defende a iniciativa e ressalta que a cultura do forró é importante para o desenvolvimento do Nordeste.

*TV Jornal

Deixe um comentário