Destaques Entretenimento Últimas Notícias

Forrozeiro prepara repertório para o São João

Paulinho-

O cantor e instrumentista Paulinho do Acordeon prepara o repertório para o São João deste ano. Seu novo CD, “Paulinho do Acordeon, Forrozeiro Autêntico”, traz 25 faixas do melhor forró nordestino. É o 10º trabalho de Paulinho e conta com a participação de Alcymar Monteiro, Cezzinha, Deivinho Sanfoneiro, Plínio Rodrigues, Ivan Ferraz, Merilson Buscapé e Lula do Acordeon.

Com mais de 20 anos de carreira, o cantor faz apresentações a nível municipal, estadual e nacional, e participa de grandes movimentos culturais e homenagens aos grandes mestres como: Luiz Gonzaga, Dominguinhos e outros. Realiza apresentações com muita experiência, satisfação e orgulho de ser nordestino, carregando uma história musical familiar muito forte, onde teve como precursor “seu Biu”, seu pai, mestre e amigo, que lhe ensinou os primeiros acordes. Paulinho, por onde passa, registra a música nordestina, defendendo e  garantindo seu espaço junto ao povo,  agradando, desta forma, a vários públicos.

Em sua carreira artística, Paulinho tem recebido diversas homenagens. No São João de 2012, foi homenageado nas cidades de Limoeiro e Carpina e novamente no São João de 2014 foi homenageado pela cidade de Carpina.

Participou também da homenagem Honoris Causa, da Universidade Federal, ao Rei do Baião (in memoriam) pelos seus 100 anos, por ser um dos discípulos de Luiz Gonzaga e por ser herdeiro da “Sanfona Branca”. Sua carreira tem destaque no Recife, uma das capitais mais importantes do Nordeste brasileiro.

Biografia – Nascido em 06 de agosto de 1965, Paulo Joaquim de Santana, filho de uma família humilde, começou sua vida artística aos 13 anos de idade, tocando seu acordeon em pequenas apresentações por vários lugares do Nordeste. Seu talento fez com que ele fosse admirado e aplaudido até pelo eterno Rei do Baião, Luiz Gonzaga. Paulinho teve a honra de realizar um grande sonho: tocar pequena sanfona ao lado de Gonzaga, em algumas apresentações. Certamente muitos artistas nordestinos também tiveram essa oportunidade, mas isso serviu de orgulho e incentivo para o artista, que mais tarde passou a ser chamado pelo povo recifense e toda região pernambucana de “Paulinho do Acordeon”.

Além de ser um grande admirador e discípulo de Luiz Gonzaga, o cantor e sanfoneiro também herdou um dos maiores símbolos do Velho Lua: a Sanfona Branca Todeschini, composta da seguinte frase: É do Povo. L.G. o instrumento foi uma das maiores companhias do Rei do Baião.

Paulinho do Acordeon é um artista que eleva o nome de Recife e regiões nordestinas por onde se apresenta, dando muita ênfase ao São João de toda a região. Todos os anos o artista se apresenta brilhantemente, atraindo públicos cada vez maiores, tanto dos recifenses quanto dos visitantes de todo o Estado.

Contatos para shows:

E-mails: paulinhodoacordeonpe@gmail.com, santosjgomes3@gmail.com

Fones: (81) 9 99693 1626.

 

Deixe um comentário