Destaques Política Últimas Notícias

Juíza determina desocupação do prédio do Paço Municipal em Goiana

Prefeitura-de-Goiana

Atendendo ao pedido da Procuradoria Geral do Estado a Juíza da Primeira Vara Cível de Goiana, Maria do Rosário Arruda de Oliveira, determinou a desocupação do prédio do Paço Municipal Heroínas de Tejucupapo, que havia sido ocupado por funcionários da prefeitura com a autorização do prefeito Osvaldo Rabelo Filho (PMDB).

O gestor descumpriu um convênio firmado entre o ex-prefeito Fred Gadelha (PTB) e a Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, por meio do qual foram obtidos recursos junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) visando transformar o prédio no principal local do Plano de Turismo do Centro Histórico de Goiana.

A decisão do prefeito Osvaldo Rabelo Filho é polêmica e divide opiniões na cidade. No período de 1984 a 2014 o prédio funcionava como sede da prefeitura. Agora parte da população reivindica que a administração municipal volte a funcionar no local e outra parte defende que o acordo deve ser mantido e o paço municipal transformado em um centro cultural e de atendimento ao turista.

Em nota, o secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, Felipe Carreras, afirma que a decisão do atual prefeito é um atentado ao desvio de finalidade e que os contratos precisam ser respeitados, ainda mais quando envolve uma das principais instituições de fomento do mundo, que é o Banco Interamericano de Desenvolvimento.

Deixe um comentário