Saúde Últimas Notícias

Novembro Azul é encerrado com serviços de saúde gratuitos, em Carpina

24068111_1495194333897429_6336396958395375003_n

Na noite desta quinta-feira (30), a Prefeitura do Carpina encerrou a “Campanha Novembro Azul” com uma grande ação na praça Joaquim Nabuco, no centro da cidade. Através da Secretaria Municipal de Saúde, uma programação especial foi realizada oferecendo diversos serviços gratuitos como aferição de pressão, medição de glicose, rastreamento de câncer de próstata, aplicação de vacinas, avaliação bucal, exames rápidos para diagnósticos de doenças sexualmente transmissíveis, rastreamento de câncer de boca, emissão de cartões do sus, atividades fisioterápicas, palestras e orientações.

Participaram diversos profissionais como dentistas, enfermeiras, agentes comunitários de saúde, médicos, além do apoio da Secretaria de Desenvolvimento Social que prestou orientações sobre os programas sociais do Governo Federal. O evento foi a culminância de diversas atividades realizadas durante o mês de novembro, alusivas a campanha de prevenção do câncer de próstata.

Para a Secretária de Saúde do Carpina, Jacilene Silva, a ação executada na praça foi positiva. Foram mais de 350 atendimentos em saúde bucal, clínica geral e rastreamento de câncer de próstata, mais de 100 exames de dosagem de PSA (que é o exame sangue para detecção da doença) e 400 procedimentos de aferição de pressão e medição da taxa de glicose. Resultado adquirido graças ao trabalho de conscientização feito nas Unidades Básicas de Saúde.

DSC_8498“Desde o horário do evento até as atividades, tudo foi pensado para melhor atender o público masculino. Trabalhamos o Novembro Azul em todos os postos de saúde e comunidades da zona rural, intensificando o rastreamento do câncer de próstata e levando informações através de palestras para os homens usuários das unidades. Hoje pudemos ver o resultado de todo o esforço”, disse Jacilene.

Uma das enfermeiras palestrantes, Rejane Gomes, trouxe orientações sobre a doença e falou da importância em realizar o exame desde cedo. “Os homens ainda têm receio em realizar o exame de próstata, existe um bloqueio quanto ao procedimento do toque feito pelo médico, mas, graças a Deus, temos quebrado esses tabus e conscientizado o público masculino sobre a importância de estar em dia com a saúde e, no caso do câncer, quanto antes for a detecção mais alta é a chance de cura”, afirmou a profissional.

A movimentação na praça reuniu quem foi especificamente para o evento e também quem passava pelo local. Gleibson Ricardo voltava de uma caminhada quando se deparou com a campanha. Ele elogiou a iniciativa e aproveitou alguns serviços. “Estava de passagem aqui no centro e vim participar da ação. Aproveitei para fazer a medição de minha glicose e atualizar o meu cartão de vacina. Realmente o homem não tem tanto tempo para ir ao posto e são necessárias ações como esta para conscientizar e incentivar o homem a cuidar da saúde. A prefeitura está de parabéns”, disse o morador.20171130_184305

Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens brasileiros, ficando atrás apenas do câncer de pele não-melanoma. Em relação ao número de mortes fica atrás apenas do câncer de pulmão. A incidência desse tipo de câncer é rara em homens com menos de 45 anos e mais comum para quem ultrapassou os 50 anos, sendo fator de alto risco ter histórico do tumor na família, elevando a necessidade de realizar os exames periodicamente.

Deixe um comentário