Destaques Entretenimento Últimas Notícias

Produtor cultural pernambucano é homenageado pelo Ministério da Cultura, em Brasília

24304741727_647ecc3885_z (1)

Foto - Produtor Cultural, Afonso Oliveira - Registro - Pedro RaizO produtor e consultor de políticas culturais Afonso Oliveira, de 48 anos, esteve entre os premiados, nessa terça-feira (19), em Brasília,
pelo Governo Federal e o Ministério da Cultura  ( MinC) com a Ordem do Mérito Cultural 2017.

O tema escolhido pelo Ministério da Cultura neste ano foi “Cultura, Inovação e Empreendedorismo”. O objetivo foi homenagear toda a cadeia produtiva da Cultura e não apenas uma personalidade, como tradicionalmente ocorre desde 1995.

A honraria entregue ao produtor Afonso Oliveira, é fruto do reconhecimento público, do Governo Federal, por Meio do Ministério da Cultura ( MinC) do seu trabalho à frente da Produção Cultural Coletiva e Comunitária em Pernambuco. Bem como, ao Método de Ensino Canavial, desenvolvido por ele, desde 2008, para contribuição da valorização da cultura popular.

Ao  todo foram 32 personalidades agraciados. Entre eles, o bloco de carnaval Galo da Madrugada e o ativista social pernambucano, Beto Kelner, também estiveram na lista.

A cerimônia, realizada no Palácio do Governo, contou com as presenças do Presidente da República, Michel Temer, da primeira-dama, Marcela Temer; do ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, e demais autoridades políticas e culturais do País.

Desde que começou a militar na cultura popular, o produtor cultural Afonso Oliveira acumulou uma larga experiência na área. Em 1990,  foi responsável por instituir, junto aos poderes do executivo e do legislativo, uma política cultural mais efeitva, que valorizasse o Maracatu pernambucano. Em 2012, Afonso criou a empresa que leva seu nome.

Além disso, ele tem um trabalho de articulação em conjuto com empresas, instituições, organizações não governamentais (ONGs) e prefeituras, afim de assegurar mais espaço para cultura popular. Sua carreira profissional também proporcionou   coordenar mais de cem projetos relacionados a dança, cultura popular, literaturaIMG-20171219-WA0032, cinema, televisão e música.

Afonso Oliveira já recebeu diversos prêmios do Ministério da Cultura (MinC): Economia Criativa (2012), o Patativa do Assaré (2011) e o Tuxauá (2010). Dirigiu ainda, com Marcelo Pedroso, o filme “Maracatu Atômico Kaosnavial”, com a participação do cantor e compositor Jorge Mautner e de Mestre Zé Duda.

Em 2017, o produtor cultural Afonso Oliveira comemora 25 anos de profissão. Para ele, o reconhecimento público é maior conquista que se pode ter. “É de grande importância receber a ordem, porque destaca o trabalho de diversas personalidades que vêm atuando de forma significativa no setor cultural.”

Deixe um comentário