Destaques Entretenimento Últimas Notícias

Última edição da festa do formigueiro reúne várias atrações culturais da Mata Norte

FloresdoCocoAMUNAM (1)

Após sete edições consecutivas, chega ao fim, neste sábado, 22 de julho, a programação do projeto Noite do Formigueiro, em Tracunhaém, Zona da Mata Norte. Na edição de despedida, apresentações culturais do coco de roda Mano de Baé, e do Maracatu rural Leão Misterioso. A celebração festiva ainda vai contar com a participação especial do coco de roda Panela de Barro, da ciranda Misteriosa, e do boi de carnaval Mimoso. O evento é aberto ao público, e acontece a partir das 19h, na rua Manoel Correia de Souza, nº 02 – bairro Novo, Tracunhaém.

Iniciado em novembro do ano passado, o Projeto Noite do Formigueiro tem como objetivo fortalecer manifestações culturais em torno da cultura local, e a participação da população no envolvimento dos folguedos, como empenho a preservação da cultura de raiz.

Nos últimos meses, o Projeto Noite do Formigueiro, que contou com o incentivo do Governo do Estado, por meio do Funcultura, FUNDARPE e Secretaria de Cultura, percorreu, entre o penúltimo ou último sábado de cada mês, várias sedes de maracatus rurais, boi de carnaval e bloco rural, situados no município.

“Estamos chegando a última noite da festa do formigueiro cheio de expectativas, assim como nós começamos. A cada apresentação nas comunidades, ficou o sentimento de gratidão pelo reconhecimento do talento cultural que nossa cidade tem, e do incentivo que recebemos para que tudo isso acontecesse ” disse a coordenadora do projeto Jeilza Maria.

“E, neste sábado, não será diferente. Vamos começar um pouco mais cedo, ás sete da noite. Será uma oportunidade ímpar, de juntos, celebramos a força do coco de raiz, da tradição da ciranda, e do maracatu rural, que tão bem representa nossa história” afirmou, emocionada, Jeilza.

A cada edição de cada mês, os grupos de coco de roda “Panela de Barro” e “ Mano de Baé”, protagonista do projeto, se reversaram no palco com outras atrações da cidade. Ao todo, foram contabilizadas oito apresentações de coco de roda; seis apresentações de maracatu rural; e uma apresentação de boi de carnaval e com bloco rural.

Sustentabilidade - O evento também foi responsável, nos últimos meses, por movimentar a economia local, pois, muito dos comerciantes da cidade, aproveitaram as noites festivas para comercializar vários produtos da culinária local.

Deixe um comentário