Destaques Economia Política Últimas Notícias

Aluísio Lessa enaltece geração de empregos no setor canavieiro

aluisio-lessa

A importância da indústria sucroalcooleira para a economia do Estado foi destacada pelo deputado Aluísio Lessa (PSB), na Reunião Plenária desta quarta (15). Ao comentar o encerramento do período de moagem de cana da safra 2016/2017, o parlamentar apontou que o setor foi o que mais criou empregos no Estado, nos meses de dezembro e janeiro, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

“Mesmo vivenciando uma decadência econômica, o segmento nunca deixou de gerar empregos. Uma única usina cria mais postos que todo o parque automobilístico em torno da fábrica da Jeep, por exemplo”,  explicou. O deputado observou que esse desempenho vem na esteira da reabertura de usinas que estavam desativadas, como a Pumaty, no município de Joaquim Nabuco (Mata Sul).

“A Pumaty, que voltou a moer no final de 2014, já tem uma safra duas vezes maior. A cooperação entre os atores envolvidos no processo permitiu um ‘jogo’ em que todos ganham”, avaliou Lessa. Segundo ele, essa e outras usinas só produzem, atualmente, álcool. “Quando começarem a fornecer açúcar, devem triplicar a produção e gerar ainda mais empregos, renda e arrecadação de impostos para o Estado”, prevê.

Em apartes, o deputado Romário Dias (PSD) manifestou “preocupação com o desemprego e o desaquecimento da economia, provocados pelo fim do período de moagem”. Sílvio Costa Filho (PRB) declarou que “o setor sucroalcooleiro muitas vezes não tem a atenção devida dos Poderes Executivo e Legislativo, devido às dificuldades e preconceitos enfrentados”. Henrique Queiroz (PR) destacou que, apesar dos bons preços alcançados, “houve diminuição da safra neste ano, e a tendência é que a produção seja ainda menor em 2018, por conta da seca”.

Aluísio Lessa salientou a importância de programas sociais para atender os trabalhadores rurais, como o Chapéu de Palha, criado em 1988 pelo então governador Miguel Arraes. “O governador Paulo Câmara também dá continuidade à política de criação de polos de distribuição de cana-de-açúcar”, frisou.

Deixe um comentário