Destaques Política Últimas Notícias

Em Nazaré da Mata, vereadores antecipam eleição

nazaré

Meses após tomarem posse, em 1º de janeiro de 2017, os vereadores da Câmara Municipal de Nazaré da Mata, na Mata Norte pernambucana, realizaram, na manhã desta terça-feira (11), uma sessão extraordinária para a eleição antecipada da Mesa Diretora para o biênio 2019/2020. Atualmente, a Casa Joaquim Nabuco tem no comando a vereadora Maristela do Gás (PHS).

A votação antecipou em cerca de um ano e meio a escolha para a Mesa Diretora da Casa. Ou seja, os parlamentares tinham até dezembro de 2018 para fazer a escolha. Nesta terça, Maristela foi reconduzida ao posto.

O vereador Jonas Araújo (PTB), em conversa com o Blog, contestou a antecipação e a pressa para a realização da eleição. “Acho que foi precipitação por parte dela. Eu não concordo. Tanto que registrei minha candidatura, que se eu não tivesse registrado, não tinha nem o direito de falar. Registrei com o propósito de ir lá e ser um voto de repúdio. Para cancelar, como eu registrei uma questão de ordem, para o cancelamento, tendo em vista que a composição da Câmara não estava na sua totalidade. Mas ela insistiu e fez a reunião. Manteve a reunião e conseguiu ter nove votos e ganhar a eleição”, disse.

A presidente da Casa, Maristela do Gás, respaldou a decisão no Regimento Interno da Câmara. “Primeiro, o Regimento Interno permite. Segundo, Nazaré da Mata nem é a primeira eleição que acontece de maneira antecipada. E se não me engano, Pernambuco quase que por inteiro vem fazendo essa reeleição. Catende, Timbaúba, Floresta, Paudalho, Condado, quase todas as cidades aqui de Pernambuco já fizeram essa reeleição”, argumentou.

Questionada sobre a necessidade de se antecipar a eleição, a vereadora foi enfática: “A necessidade do que a gente faz ou não faz dos atos institucionais da Câmara vai de acordo com a cabeça de cada grupo”. O atual mandato de Maristela termina em dezembro de 2018. Com a votação, ela foi reeleita para presidir a Câmara a partir de janeiro de 2019.

A presidente da Casa explicou que toda Câmara tem até dezembro do próximo ano para fazer a eleição da Mesa Diretora. “Porém, o Regimento Interno permitindo, ela pode fazer qualquer dia. Eu fui eleita pela primeira vez no dia 1º de janeiro deste ano. Se quisesse fazer dia 3 de janeiro o Regimento daqui já permitia”, afirmou.

Vale lembrar que, em junho passado, os vereadores de Olinda, na Região Metropolitana do Recife, votaram para eleger o comando da Casa para a segunda parte do mandato (2019/2020). Com isso, o atual presidente da Câmara, Jorge Federal (PMDB), foi reconduzido ao posto. Na ocasião, o peemedebista também afirmou que a iniciativa tinha respaldo no Regimento Interno da Casa.

*Blog da Folha

Deixe um comentário